Locked History Actions

Management/Directorate/DirMeetings

Sumários das reuniões da Direcção do LIP

9 de Novembro de 2020

A Direcção do LIP reuniu remotamente na segunda-feira, 9-11-2020 e:

1) Analisou os próximos passos do concurso dos Laboratórios Associados, que passarão por uma apresentação pública e posteriormente, depois de os resultados do júri serem conhecidos, por uma iteração e negociação (para as propostas aprovadas ...) com o Conselho Directivo da FCT. Os moldes e as datas destas etapas não são ainda conhecidos, mas temos de nos preparar para os cenários mais exigentes em termos de calendário.

2) Analisou os resultados do concurso em todos os domínios científicos, que já são conhecidos de todos, encorajando em particular os proponentes das propostas não aprovadas a refletirem na melhor estratégia a adoptar nas próximas candidaturas. A direcção está, como sempre, disponível para participar nesse esforço. O próximo concurso em todos os domínios científicos deve abrir ainda este ano, de acordo com o calendário anual da FCT, mas sempre que possível devem também ser exploradas alternativas de financiamento.

3) Decidiu que as entrevistas decorrentes do processo de avaliação dos funcionários do LIP vão ser iniciadas já na próxima semana. Os funcionários serão contactados individualmente pelos membros do seu painel de avaliação para a marcação da data da entrevista. Relembra-se a composição dos painéis de avaliação: - Informática: Mário Pimenta e Nuno Castro; - Electrónica, Instrumentação, LOMAC: Patrícia Gonçalves e Rui Marques; - Oficina Mecânica e Laboratório de Detectores: Mário Pimenta e Rui Marques; - Serviços Administrativos: Isabel Lopes e Patrícia Gonçalves.


7 de Setembro de 2020

A Direcção do LIP reuniu remotamente na segunda-feira, 7-09-2020 e:

1) Reviu o estado de execução dos projectos do LIP. Os pedidos de transferência entre rubricas, a combinar entre a direcção os responsáveis de cada projecto, devem ser efectuadas durante a semana de 14/9.

2) Decidiu que as entrevistas decorrentes do processo de avaliação dos funcionários serão efectuadas de 1/10 a 13/11. As fichas de autoavaliação que foram preenchidas durante o mês de Fevereiro poderão ser actualizadas até ao dia 1/10 e reenviadas, se for esse o caso, para avaliacao-funcionarios@lip.pt . Os painéis de avaliação terão a seguinte composição: - Informática: Mário Pimenta e Nuno Castro; - Electrónica, Instrumentação, LOMAC: Patrícia Gonçalves e Rui Marques; - Oficina Mecânica e Laboratório de Detectores: Mário Pimenta e Rui Marques; - Serviços Administrativos: Isabel Lopes e Patrícia Gonçalves. O resultado preliminar da avaliação será comunicado a cada um dos interessados, para eventuais comentários, no início de Dezembro e o relatório final da avaliação ficará disponível até ao fim de Dezembro.

3) Iniciou o processo de discussão de pontos a relevar, nomeadamente no âmbito das políticas publicas, na candidatura do LIP ao concurso de atribuição do estatuto e financiamento dos Laboratórios Associados. Assim que o formulário esteja disponível será pedida a contribuição de todos. O prazo final de apresentação das candidaturas é o dia 29 de Outubro.


30 de Julho de 2020

A Direcção do LIP reuniu remotamente na segunda-feira, 20-07-2020, e na quinta-feira, 30-07-2020 e:

1) Discutiu o calendário para a preparação da candidatura do LIP ao concurso de atribuição do estatuto e financiamento a Laboratórios Associados. As candidaturas devem ser apresentadas entre 28 de setembro e 29 de Outubro. O formulário ainda não esta disponível, mas logo que o esteja será a todos distribuído. Temos que estar preparados para arrancar em pleno logo no início de Setembro. A candidatura do LIP vai estar à priori organizada em quatro áreas temáticas: Partículas e Astropartículas (coordenador: José Maneira); Detectores, Instrumentação, Saúde e Espaço (coordenadores: Isabel Lopes e Patrícia Gonçalves); Computação Científica (coordenadores: Jorge Gomes e Mário Pimenta); Ciência e Sociedade (coordenador: Nuno Castro). Aproveitem as férias de verão para sintetizar argumentos que mostrem a relevância do LIP, nomeadamente na definição das políticas públicas a desafios científicos e tecnológicos e na demonstração da nossa capacidade para as implementar.

2) Reviu o estado de execução dos projectos do LIP, nomeadamente as necessidades em missões e recursos humanos face ao quadro decorrente da presente situação de pandemia. Eventuais pedidos de transferências de verbas entre rubricas, a combinar entre a direcção os responsáveis de cada projecto, devem ser efectuados atempadamente (o mais tardar em Setembro/Outubro).

3) Decidiu nomear como Encarregado de Protecção de Dados (EPD) do LIP o investigador Paulo Almeida, membro do grupo Social Physics and Complexity e criar uma Comissão de Coordenação de Protecção de Dados (CCPD) formada pelo EPD e por representantes de áreas onde esta problemática seja mais sensível. Integram inicialmente esta comissão os seguintes membros do LIP: Paulo Almeida (EPD); Hugo Gomes (serviços informáticos); Nuno Dias (segurança informática); Helmut Wolters (base de dados); Cláudia Delgado (contabilidade Lx); João Pedro Santos (secretariado Lx); Margarida Rodrigues (serviços administrativos Coimbra); Henrique Carvalho (informática Minho). A Direcção agradece a todos a disponibilidade para integrarem esta comissão.


30 de Junho de 2020

A Direcção do LIP reuniu remotamente na terça feira 30-06-2020 e:

1) Congratulou-se com a recente aprovação por unanimidade pelo Conselho do CERN da Estratégia Europeia de Física de Partículas que dá um horizonte de desenvolvimento científico e tecnológico de médio e longo prazo ao CERN e a toda a comunidade. Salienta ainda o trabalho frutuoso da Catarina Espírito Santo e do Pedro Abreu na cobertura efectuada pelos media portugueses.

2) Registou com extremo agrado que o funcionamento do LIP tem sido assegurado sem descontinuidades neste período de (des)confinamento. As condições de trabalho presencial têm sido, e devem ser restabelecidas cumprindo as indicações das autoridades sanitárias e académicas dos campus onde as instalações do LIP estão inseridas. Estas condições são diferenciadas com a zona do País onde se encontram. A harmonização do teletrabalho com as actividades presenciais deve, no caso dos serviços e das infraestruturas, ser coordenada, no respeito das normas legais em vigor, pelos respectivos responsáveis em acordo com a Direcção.

3) Analisou o regulamento de atribuição do estatuto e financiamento a Laboratórios Associados disponível na página da FCT. As candidaturas devem ser apresentadas entre 28 de setembro e 29 de Outubro. O formulário ainda não esta disponível.

4) Decidiu iniciar as entrevistas decorrentes do processo de avaliação dos funcionários tão depressa quanto possível, mas não antes de Setembro, esperando que haja condições para que as mesmas se realizem presencialmente.

5) Registou a proposta feita pela mesa do Conselho Científico da realização, eventualmente em Dezembro, de uma reunião Geral do LIP. Embora não explicitamente prevista no regulamento do LIP a Direcção considera que esse tipo de reunião pode ser útil para consultar toda a comunidade do LIP sobre melhorias a introduzir no funcionamento presente do Laboratório e perspetivar as evoluções possíveis a curto e médio prazo. A Direcção, em Setembro consultará a mesa do CC bem como os representantes dos trabalhadores e dos estudantes para definir a data e agenda duma possível futura reunião geral que, desejavelmente, será presencial.

6) Tomou nota da proposta efectuada pela mesa do CC para iniciar uma discussão no CC sobre a definição de uma estratégia interna de revisão Científica periódica da actividade dos vários grupos. É um debate importante e que pode, se se evitarem burocracias excessivas, conduzir a uma melhor clarificação dos objectivos a médio prazo de cada grupo, bem como das condições que assegurem os apoios necessários à sua execução. Essa clarificação traduzir-se-á também seguramente por uma melhor e atempada apresentação dos grupos nos relatórios anuais submetidos à nossa comissão de acompanhamento, aos nossos associados, à nossa comunidade de investigadores e estudantes e ao publico em geral.

7) Decidiu alargar a Comissão Executiva do Programa de Doutoramento FCT-LIP e convidou a investigadora Sofia Andringa a integrá-la.

8) Analisou os planos de investimento apresentado pelo responsável do Laboratório de Óptica e Materiais Cintilantes (LOMaC) atribuído para esse fim no último concurso de avaliação das Unidades de Investigação. A Direcção aprovou a proposta referente à manutenção do equipamento existente no valor de cerca de 26k euros na condição de a instalação do equipamento nas áreas previstas no edifício no edifício do 3Is. Em relação às outras linhas de investimento propostas, a Direcção incentiva o responsável do LOMaC a coordenar-se com os responsáveis das restantes infraestruturas e grupos relevantes a saber, eCR-Lab, LD, EduLab e a apresentar uma proposta reformulada, que potencie as sinergias e evite a duplicação de equipamento e esforços, mantendo‑se dentro dos valores de financiamento disponíveis.


5 de Maio de 2020

A Direcção do LIP reuniu remotamente na terça-feira, 5-05-2020 e:

1) Registou com extremo agrado a resposta que todos os colaboradores do LIP têm dado, nas condições difíceis que atravessamos, assegurando o funcionamento regular da instituição bem como a produção de equipamentos úteis no combate à COVID-19. Nesta primeira etapa de (des)confinamento salienta-se que:

- Desde que possível deve continuar a ser privilegiado o regime de teletrabalho

- O acesso e a permanência nas instalações do LIP devem respeitar as normas definidas para os campus onde as instalações estão inseridas e cumprir as regras de higienização (lavagem e desinfeção das mãos), uso de máscara e distanciamento definidas pela DGS. Em particular, nos gabinetes com menos de 20 m^2 não deve estar simultaneamente mais que uma pessoa. Para os membros do LIP que possam ter de permanecer nas instalações e contactar com outros elementos do LIP recomenda-se que, para alem da máscara, utilizem uma das viseiras produzidas nas oficinas mecânicas do LIP e que estão disponíveis nos secretariados de Lisboa e de Coimbra. Estas viseiras devem ser esterilizadas diariamente com álcool ou imersas numa solução com lixivia durante algum tempo

- Os responsáveis das infraestruturas devem combinar com a direção o modo de trabalho específico da sua infraestrutura, no caso do seu funcionamento implicar o uso regular das instalações do LIP.

2) Analisou e aprovou na generalidade os planos de investimento no Laboratório de Detetores e no Laboratório de Eletrónica de raios cósmicos no quadro do financiamento atribuído para esse fim no último concurso de avaliação das Unidades de Investigação e no quadro de um possível financiamento destinado ao reforço da resposta das unidades de investigação no contexto do COVID-19. O calendário destes planos será definido em articulação com os responsáveis das respetivas infraestruturas.


6 de Abril de 2020

A Direcção do LIP reuniu remotamente na segunda feira 6-04-2020 e:

1) Registou com extremo agrado a resposta que todos os colaboradores do LIP têm dado nas condições difíceis que atravessamos mantendo as suas actividades, desde que possível, em regime de tele-trabalho, assegurando o funcionamento regular do LIP, bem como funções essenciais que implicam deslocações às instalações, como a manutenção do sistema informático e a segurança das infraestruturas. Destacam-se ainda iniciativas directamente ligadas ao combate ao COVID-19 nomeadamente no desenvolvimento de um conceito de ventilador de emergência, cuja notícia já é do conhecimento de todos, e ainda o início da produção de viseiras. Estas últimas actividades são desenvolvidas em regime de voluntariado e têm o total apoio da direcção.

2) Agradece a todos, e muito em particular à Catarina e ao Carlos, os esforços desenvolvidos na produção atempada do relatório e plano 2019/2020:

Relatório detalhado: https://www.lip.pt/report/Relatorio-Tecnico-2019-2020.pdf

Relatório Público: https://www.lip.pt/report/Relatorio-publico-2019-2020.pdf

Estes relatórios foram submetidos como habitualmente ao nosso comité externo. A reunião de discussão vai ocorrer por ligação remota nos horários que tinham sido previstos (tarde de quarta feira 15/4 e manhã de quinta-feira 16/4) mas num regime mais leve que em anos anteriores. Assim só haverá mini-apresentações nos temas que o advisory solicitar explicitamente (antes de segunda feira 13/4) sendo tudo o resto baseado em perguntas e respostas. A agenda detalhada, que depende das solicitações do advisory, estará disponível no fim do dia 13/4.

3) Relembra-se que o concurso da FCT para projetos em todos domínios científicos se encontra aberto (https://www.fct.pt/apoios/projectos/concursos/ICDT/index.phtml.pt) que encerra no próximo dia 30/4. O prazo interno para ser enviado (à Natalia – Lisboa e Minho; à Margarida- Coimbra) uma versão preliminar, mas completa, das propostas para serem revistas e potencialmente melhoradas à a segunda 13/4.


Lisboa, 28 de Janeiro de 2020

A Direcção do LIP reuniu em Lisboa na segunda-feira 28-01-2020 e:

1) Aprovou as versões finais das fichas de avaliação e auto-avaliação dos funcionários que tiveram em conta, em larga maioria, os comentários e sugestões recebidas. As fichas de autoavaliação devem ser preenchidas agora pelos funcionários e enviadas ate 28/2 para avaliacao-funcionarios@lip.pt . As avaliações devem estar finalizadas até fim de Maio.

2) Estabeleceu o calendário interno para a elaboração de propostas ao próximo concurso para Projectos em Todos Domínios Científicos. Assim os investigadores que têm a intenção de apresentar uma proposta em que o LIP participe, devem enviar (para natalia@lip.pt , em Lisboa, ou para margarida.rodrigues@coimbra.lip.pt , em Coimbra):

  • a) Até ao dia 28/2 : o título provisório, um breve sumário e a ordem de grandeza dos FTEs que vão ser envolvidos bem como do financiamento a solicitar.
  • b) Até ao dia 12/3: uma versão preliminar, mas completa, da proposta para ser revista e potencialmente melhorada.

O formulário da candidatura será disponibilizado pela FCT no próximo dia 30 de Janeiro.

3) Registou com muito agrado o pedido de adesão ao LIP do grupo de “data science” liderado pela Professora Joana Gonçalves de Sá. Como em situações anteriores a Direcção encoraja os proponentes a interagirem com os grupos do LIP com quem têm sinergias mais óbvias neste momento (Computação, Centro de Competências em Simulação e Big Data, ...) e elaborar um pequeno documento de apresentação do grupo e da sua previsível evolução no quadro do LIP. Esse documento deve ser enviado ao Conselho Científico com o pedido de agendamento para a próxima reunião da C4 no fim de Fevereiro

4) Decidiu autorizar o presidente da Direcção a assinar, em nome do LIP, os eventuais protocolos com outros instituições de investigação no âmbito do programa de doutoramento “Portugal-CERN PhD grants” coordenado pelo LIP. O edital deve sair muito em breve e a primeira fase, inserção de propostas de tese, vai decorrer já durante o mês de Fevereiro.


Coimbra, 13 de Janeiro de 2020

A Direcção do LIP reuniu em Coimbra na Segunda-feira, 13-01-2020 e:

1) Congratulou-se com a celebração de um contrato entre o LIP e a FCT para a gestão de um programa de bolsas de doutoramento em Física de Altas Energias e outros domínios científicos e tecnológicos relevantes para a participação Portuguesa no CERN. Este programa, denominado “Portugal-CERN PhD Grants” vai compreender 15 novas bolsas de doutoramento por ano cujo programa de trabalho pode ser executado total ou parcialmente numa instituição Portuguesa que celebre um protocolo de associação com o LIP (bolsas nacionais ou mistas). Este programa vai-se inserir na rede doutoramento IDPASC e o primeiro concurso abre já em meados de Fevereiro.

2) Congratulou-se com a instalação no Laboratório de Detectores em Coimbra de uma fresadora CNC de grandes áreas. Foi um processo lento, complicado e que pôs à prova a paciência e a persistência de muitos, em particular do Luís Lopes, mas que agora termina finalmente bem!

3) Decidiu autorizar a abertura de um concurso que visa a instalação de uma câmara limpa ISO 6 com uma área de cerca de 30 m2 útil. A instalação desta camara vai potenciar a capacidade de construção de detectores nomeadamente de câmaras de fios.

4) Discutiu a proposta de plano de contratações de investigadores para o quinquénio 2021-2025 que será apresentada pelo LIP no âmbito do concurso de Laboratório Associado, cuja abertura deve ocorrer em breve. Este plano segue as linhas de orientação apresentadas no último Conselho Cientifico.


Lisboa, 5 de Dezembro de 2019

A Direcção do LIP reuniu em Lisboa na Quinta feira 5-12-2019 e:

1) Analisou e aceitou em larga maioria os comentários e sugestões recebidas durante o período de consulta das propostas da ficha de avaliação e do guião das entrevistas previstas no processo da avaliação dos funcionários técnicos e administrativos. Nomeadamente, aceitou-se a sugestão de um grupo de funcionários de alinhar os níveis de avaliação com os da função publica o que significa, na prática, passar a cinco níveis de avaliação em vez dos três iniciais. As novas versões, que se esperam praticamente definitivas, serão colocadas de novo em consulta e durante 15 dias. As versões definitivas serão aprovadas pela Direção no início de Janeiro. As avaliações decorrerão durante os meses de Fevereiro e Março.

2) Reviu o processo de constituição da “Associação Portuguesa de Proto-terapia e Tecnologias Avançadas para a prevenção e tratamento do Cancro”, cuja escritura será assinada já na segunda feira 9/12, prevendo-se o arranque da sua atividade já para o início do próximo ano.

3) Reviu o processo de atribuição do estatuto de Laboratório Associado. Por agora aguarda-se a disponibilização pela FCT do formulário de candidatura, devendo o processo decorrer nos meses de Janeiro e Fevereiro.


Lisboa, 7 de Novembro de 2019

A Direcção do LIP reuniu em Lisboa na Quinta feira 7-11-2019 e:

1) Analisou o regulamento do concurso de candidatura/renovação do estatuto de Laboratório Associado. Os formulários ainda não estão disponíveis, mas a data de encerramento do concurso de que se falava é de 15 de Janeiro... Neste concurso não é a componente científica que vai estar em causa (essa já foi alvo de avaliação) mas sobretudo a capacidade dos proponentes de:

  • a) Contribuir para o desenvolvimento de áreas consideradas prioritárias nas agendas de politica de ciência e tecnologia e no presente regulamento. Em primeira leitura as áreas relevantes para o LIP serão: Ciências fundamentais, Computação, Espaço, Saúde, Qualificação do emprego, cultura, cidadania e inclusão social.
  • b) Criar emprego científico (doutorados) sustentável e estabelecer carreiras científicas próprias.

Cada Laboratório Associado deve estar organizado em uma a cinco áreas temáticas. A decisão preliminar é trabalhar na base das quatro áreas tradicionais do LIP (com nomes a rever ...): Física de Partículas e Astropartículas, Detectores e métodos, Computação, Ciência e Sociedade. Nas próximas semanas vai ser preciso reunir factos e argumentos bem como estabelecer planos quantificados ambiciosos mas credíveis.... e uma vez mais contamos com a colaboração de todos para a elaboração de uma candidatura de referência.

2) Registou com muito agrado o pedido de adesão do grupo de Física Teórica Nuclear do IST ao LIP. Como em situações anteriores, a Direcção encoraja os proponentes a interagirem com os grupos do LIP com quem têm sinergias mais óbvias neste momento (fenomenologia, partões e QCD, LERHI, Espaço, Saúde ...) e elaborar um pequeno documento de apresentação do grupo presente e da sua evolução no quadro do LIP. Esse documento deve ser enviado ao Conselho Científico com o pedido de agendamento para a próxima reunião em Dezembro.

3) Apreciou e aprovou um documento interno que define uma chave de distribuição entre os vários polos do LIP dos “overheads” de projectos científicos.


Coimbra, 10 de Outubro de 2019

A Direcção do LIP reuniu em Coimbra na quinta-feira 10-10-2019 e:

1) Analisou, no âmbito do processo da avaliação dos funcionários técnicos e administrativos do LIP, as versões preliminares da ficha de avaliação e do guião das entrevistas. Estas versões serão disponibilizadas até ao fim do corrente mês e durante 30 dias, para consulta, comentários e sugestões, aos responsáveis dos serviços técnicos e administrativos, bem como a todos os trabalhadores. As versões definitivas serão aprovadas pela direcção em Dezembro. As avaliações decorrerão durante os meses de Janeiro e Fevereiro.

2) Analisou o processo de constituição da “Associação Portuguesa de Proto-terapia e Tecnologias Avançadas para a prevenção e tratamento do Cancro”, que se deve concretizar muito em breve.

3) Decidiu, a pedido do responsável do grupo de Fenomenologia, a abertura de um concurso para a posição não permanente (ao abrigo do DL 57/2016 e da Lei 57/2017) de investigador júnior atribuída ao LIP e recomendada para esse grupo no seguimento do processo de avaliação às Unidades de Investigação realizado no passado mês de Junho. A abertura deste concurso está contudo ainda dependente da autorização final da FCT.

4) Decidiu, após se ter obtido a autorização da FCT, abrir o concurso para a posição não permanente de investigador auxiliar (ao abrigo do DL 57/2016 e da Lei 57/2017) atribuída ao LIP no concurso de emprego científico institucional e que tinha sido atribuído pela direcção ao Grupo “RPC- neutrões” em Dezembro de 2018.

5) Reviu as datas de realização de acontecimentos em 2019/2020. A saber:

a) Reunião APPEC – Lisboa : 2 Dezembro às 17h Seminário Público : Multi-messenger Astrophysics for observing the high-energy universe – Teresa Montaruli – coordenadora do APPEC; 3 Dez – reuniao fechada

b) Mini-Escola Física de Partículas – Costa da Caparica - 5 a 7 de Fevereiro 2020

c) Jornadas LIP – Braga, 14, 15 e 16 Fevereiro 2020

d) 10 anos do LIP no Minho – Braga 17 Fevereiro 2020

e) Escola e Workshop “Data Science” – Coimbra, 16 a 19 de Março 2020

f) Reunião do nosso Advisory – Lisboa, Abril, início Maio

g) Escola IDPASC– Nazaré – 25 de Maio a 4 de Junho

h) Workshop estudantes PhD (LIP e IDPASC) – Coimbra – Fim Junho- início Julho

i) PANIC2020, de 31 de Agosto a 4 de Setembro - FCUL


Lisboa, 10 de Setembro de 2019

A Direção do LIP reuniu em Lisboa na Terça feira 10-9-2019 e:

1) Fez o balanço da visita efectuada ao CERN nos dias 3 e 4 de Setembro por uma vasta comitiva chefiada pelo Ministro da Ciência e da Tecnologia, Manuel Heitor, e que incluía o Secretario de Estado da internalização,a presidência da FCT, o Reitor da Universidade do Minho, Vice-reitores Coimbra e Porto, o Presidente da FCUL, o Presidente do IST, Presidentes de Politécnicos, representantes de agências e de companhias (lista em anexo no fim). A visita correu extremamente bem, tendo ficado clara a importância para Portugal da participação no CERN e a qualidade do trabalho aí desenvolvido pelos Portugueses e nomeadamente pelo LIP. Durante a visita efectuou-se no Globo uma breve, mas sentida, Homenagem ao Gaspar. É de destacar o empenho de todos que tiveram envolvidos nesta visita com uma logística particularmente exigente.

2) Reviu o estado de preparação da sessão do dia 11 em homenagem ao Gaspar.Aproveitando o facto da escrita deste sumário ocorrer já em data posterior à sessão, refira-se que a sessão correu extremamente bem, fazendo, pensamos, honra ao percurso ímpar do Gaspar e do seu papel na Ciência e na sociedade em Portugal, e mobilizando os que cá ficam para continuar o caminho.

3) Analisou o processo de constituição da “Associação Portuguesa de Proto-terapia e Tecnologias Avançadas para a prevenção e tratamento do Cancro”, que se deve concretizar muito em breve.

4) Analisou as intenções de propostas a apresentar no Concurso Fundo CERN. Relembra-se que até 18 de setembro devem ser entregues versões preliminares, mas completas, das proposta para serem revistas e potencialmente melhoradas.

5) Discutiu os lugares e as datas de realização de acontecimentos em 2019/2020. A saber:

  • a) Reunião APPEC – Lisboa 2 e 3/12/2019
  • b) Mini-Escola Física de Partículas – Costa da Caparica (a confirmar) - 5 a 7 de Fevereiro 2020
  • c) Jornadas LIP – Braga, 14, 15 e 16 Fevereiro 2020
  • d) 10 anos do LIP no Minho – Braga 17 Fevereiro 2020
  • e) Escola e Workshop “Big Data” – Coimbra, Março 2020
  • f) Reunião do nosso Advisory – Lisboa, Abril, início Maio
  • g) Escola IDPASC (a confirmar) – Nazaré – ultima semana de Maio, primeira Junho
  • h) Workshop estudantes PhD (LIP e IDPASC) – Coimbra – Fim Junho- inicio Julho


Comitiva visita CERN 3 e 4 de Setembro

1- Prof. Manuel Heitor Minister of Science, Technology and Higher Education (MCTES) 2. Prof. Eurico Brilhante Secretary of State of Internationalization (SE-Int, MNE) 3. H. E. Rui Macieira Ambassador, Permanent Representative of Portugal to the United Nations in Geneva 4. Prof. Helena Pereira President of Foundation for Science and Technology (FCT, MCTES) 5. Prof. Luis Castro Henriques President of Trade & Investment Agency (AICEP, MNE) 6. Prof. Nuno Gonçalves Director of Institute for the Support of Small and Medium-Size Enterprises (IAPMEI) 7. Mr António Bob Santos Director of National Agency for Innovation (ANI, MCTES/SE-Ec) 8. Prof. Jose Paulo Esperança Vice-President of Foundation for Science and Technology (FCT, MCTES) 9. Prof. Mario Pimenta Scientific Delegate from Portugal to CERN; LIP President 10. Mr Filipe Ramalheira Chief of Staff of Secretary of State of Internationalization (SE-Int, MNE) 11. Ms Ana Quartin Director for International Relations of FCT 12. Prof. Patricia Goncalves Director of Laboratory for Instrumentation and Particles (LIP) 13. Prof. Nuno Castro Director of Laboratory for Instrumentation and Particles (LIP) 14. Prof. Isabel Lopes Director of Laboratory for Instrumentation and Particles (LIP) 15. Prof. Carlos Cardoso Advisor of Laboratory for Instrumentation and Particles (LIP) 16. Ms Ana Maria Rosas Director of Trade & Investment Agency, Bern (AICEP, MNE) 17. Ms Ana Luísa Barata Counsellor, Permanent Mission of Portugal, Geneva 18. Ms Marina Prevost-M President of Swiss-Portuguese Chamber of Commerce, Industry and Services (CCISSP) 19. Prof. Vieira de Castro Rector of University of Minho 20. Prof. Rui Pedrosa* President of Polytech of Leiria 21. Prof. José Cavaleiro Rodrigues Pro-President of Polytech of Lisbon 22. Prof. Helder Vasconcelos Vice-Rector of University of Porto & President of UPTEC 23. Prof. Luís Simões Vice–Rector of University of Coimbra 24. Prof. Nuno Rodrigues Vice-President of Polytech of Leiria 25. Prof. Arlindo Oliveira President of IST, University of Lisbon 26. Prof. Luis Carriço President of FCUL, University of Lisbon 27. Prof. João Falcão e Cunha President of FEUP, University of Porto 28. Prof. Joao L Monteiro President of EEUM, University of Minho 29. Prof. António Cunha President of DTX, University of Minho 30. Prof. Jose Covas Vice-President of PIEP, University of Minho 31. Prof. Adriano Silva Carvalho Director of DEEC, University of Porto 32. Prof. José Sampaio Director for Innovation at INEGI, University of Porto 33. Prof. Virgílio Cruz Machado Director of FCT, University Nova of Lisbon 34. Prof. Paulo Leitao Director CEDRI, Polytech of Bragança 35. Ms Catarina Cardão Coordinator Business Development Manager at INEGI, University of Porto 36. Prof. Nuno Roma Coordinator of IST - CERN Collaboration, University of Lisbon 37. Prof. Telmo Fernandes Coordinator of IPLEIRIA - CERN Collaboration, Polytech of Leiria 38. Mr José Manuel Rodrigues Business Developer Labs & Ind of IPN, University of Coimbra Participants in the Portuguese industrial visit 39. Jose Antao ILO 40. Nuno Araujo AIMMAP 41. Antonio Reis Director, OPTIMAL Structural Solutions 42. Bruno Carvalho CEO, ACTIVE SPACE 43. Ricardo Patricio* Businees Development Manager, ACTIVE SPACE 44. Fernando T Sousa CMO, LUSOSPACE 45. Filipe Silva Commercial Director, NCP 46. Pedro Matias* CEO, ISQ 47. Rodrigo Jose Pascoal Business Development – BigScience Projects, ISQ 48. Jorge Batista Cruz Commercial Manager for special products, SILVA MATOS 49. Gonçalo Crispim* VP Engineering NMS/SDN, INFINERA 50. Benedito Lemos Director for International Coordination, CASAIS 51. Nuno Silva Director for Technology & Innovation, EFACEC 52. Tiago Hormigo Head of Space Business Development, Spin.Works 53. Ricardo Armas Business Development Manager, Critical Software 54. Mauro Gameiro Software Architect for AIRBUS, Critical Software 55. Jorge Almeida CTO, Critical Software 56. Gaspar Anjo High Voltage Projects, Solidal 57. Célia REIS* CEO, Altran 58. Rodrigo MAIA Chief Technology Officer, Altran 59. Veronica Russo Director, TCP Internacional


Lisboa, 20 de Março de 2019

1) A Direção do LIP reuniu em Lisboa na quinta feira 25-7-2019 e: 1) Reviu o estado de preparação da sessão a realizar na Reitoria da Universidade de Lisboa no próximo dia 11 de Setembro em homenagem ao Gaspar, e agradece a todos os envolvidos na organização a sua enorme disponibilidade: https://www.lip.pt/homenagem/gaspar/files/Programa_Sessao_Gaspar.pdf

2) Tomou nota dos contactos com a FCT a propósito do próximo concurso “Fundo CERN”, cuja abertura se julga estar iminente.

3) Decidiu, com manifesto agrado, responder positivamente ao convite dirigido pela Fundação “la Caixa” ao LIP para participar como instituição de acolhimento no próximo concurso do seu programa de bolsas de doutoramento “INPhINIT”, https://obrasociallacaixa.org/en/investigacion-y-becas /programa-de-becas-de-posgrado/inphinit/programme-description , cuja submissão de projectos de tese de doutoramento decorre de 21/10 a 4/11. Como provavelmente os formulários a preencher pelo LIP só estarão disponíveis nessa altura, quem estiver em condições de oferecer um programa competitivo deve ir-se preparando para depois conseguir ultimá-lo com sucesso nesse prazo curto. A fundação “la Caixa” comunicou-nos também que se encontra aberto até 8/10 o concurso de bolsas de Pós-Doutoramento “Junior Leader fellowships”; https://obrasociallacaixa.org/en/investigacion-y-becas/programa-de-becas-de-posgrado/becas-de-posgrado/becas-postdoctorales-junior-leader/descripcion-del-programa .

4) Analisou a proposta de regulamento para o concurso para atribuição do estatuto e financiamento a Laboratórios Associados que se encontra neste momento em discussão pública, tendo aprovado o documento com a contribuição do LIP que foi já, entretanto distribuído internamente.

5) Analisou o processo de constituição de uma associação para a promoção de uma rede nacional de terapia com feixes de protões e aprovou a entrada do LIP como membro fundador da referida associação, mandatando o presidente da Direção para, em nome do LIP, assinar os documentos legais necessários.

6) Tomou nota do processo de avaliação de desempenho dos investigadores do LIP conduzido pelo Conselho Científico.

7) Reviu o calendário da avaliação dos funcionários técnicos e administrativos do LIP. Durante o mês de Setembro serão disponibilizadas durante 30 dias a responsáveis dos serviços técnicos e administrativos, bem como a todos os trabalhadores, versões preliminares da ficha de avaliação e do guião das entrevistas, para consulta, comentários e sugestões.


Lisboa, 20 de Março de 2019

A Direcção do LIP reuniu em Lisboa na quarta-feira 20-3-2019 e:

1) Reviu o calendário e o estado de preparação dos seguintes acontecimentos a realizar nos próximos meses:

a) Escola e Workshop “Data-Science 2019” – Braga, 25 a 29 de Março

b) Workshop LIP-IGFAE – Santiago de Compostela, 26 de Abril

c) Reunião da comissão de avaliação externa – Coimbra, 3 e 4 de Maio

d) Aniversário LIP – Lisboa, 9 de Maio

e) Visita da comissão de avaliação das unidades de investigação – Junho, sem dia ainda marcado

f) Workshop dos estudantes de Doutoramento LIP/IDPASC– Braga, 1 a 3 de Julho

2) Estabeleceu como prioridade imediata a finalização dos relatórios e planos que irão ser submetidos brevemente à Comissão de Avaliação Externa. Note-se que estes relatórios vão ser seguramente também, este ano, alvo da análise da comissão de avaliação das unidades de investigação, uma vez que os relatórios e planos que em devido tempo (janeiro de 2017) foram submetidos a essa comissão já estão parcialmente datados.

3) Mandatou o presidente da Direcção para assinar em nome do LIP:

a) Um contrato de cooperação com o CERN no âmbito das responsabilidades portuguesas no upgrade do detector CMS enquadrado no programa de Alta Luminosidade do LHC.

b) Um contrato exploratório de cooperação com a empresa Nielson na utilização desenvolvimento de técnicas de “deep learning” em problemas de estudo de mercado.

c) A carta de princípios da iniciativa Sage que visa a promoção da igualdade de género.

4) Registou a intenção de alguns trabalhadores do LIP encetarem o processo de constituição de uma Comissão de Trabalhadores. A constituição e funcionamento das comissões de trabalhadores é regida pelo código de trabalho e, uma vez que esta esteja legalmente constituída, só cabe à Direcção estar totalmente disponível para colaborar com ela no âmbito das suas competências.

5) Registou o pedido de de alguns trabalhadores técnicos do LIP para se iniciar, como previsto no regulamento do LIP e na lei geral, um processo de avaliação de desempenho. Estabeleceu-se deste modo o seguinte calendário para o ciclo de avaliação dos funcionários técnicos e administrativos (os investigadores serão objecto de uma avaliação definida pelo Conselho Cientifico):

i) Até ao fim de junho, preparação pela Direcção das versões preliminares da ficha de avaliação e do guião das entrevistas, bem como do suporte informático necessário ao processo de avaliação.

ii) Durante o mês de julho, consulta aos responsáveis dos serviços técnicos e administrativos bem como a todos os trabalhadores sobre o texto proposto da ficha de avaliação e do guião da entrevista.

iii) No início de Setembro, aprovação pela Direcção das versões finais da ficha de avaliação e do guião das entrevistas e nomeação das comissões de avaliação.

iv) De Setembro a Dezembro, realização das entrevistas de avaliação.

v) Durante a primeira quinzena de dezembro, publicitação, nos termos previstos no regulamento do LIP, dos resultados da avaliação.


Lisboa, 28 de Janeiro de 2019

A Direcção do LIP reuniu em Lisboa na segunda-feira 28-1-2019 e:

1) Reviu o estado da preparação da visita a ser efectuada ao LIP (ainda sem data marcada ...) no âmbito da avaliação das unidades de investigação.

2) Reviu o calendário e o estado de preparação dos seguintes acontecimentos a realizar nos próximos seis meses:

  • a) Mini-escola de Física de Partículas e Astropartículas, Costa da Caparica, 11 a 13 de Fevereiro
  • b) Escola e Workshop “Data-Science 2019” – Braga, 25 a 29 de Março
  • c) Workshop LIP-IGFAE – Santiago de Compostela, 26 de Abril
  • d) Reunião da comissão de avaliação externa – Coimbra, 3 e 4 de Maio
  • e) Aniversário LIP – Lisboa, 9 de Maio
  • f) Workshop dos estudantes de Doutoramento – Braga, 1 a 3 de Julho


Coimbra, 3 de Dezembro de 2018

A Direcção do LIP reuniu em Coimbra na segunda feira 3-12-2018 e:

i. Reviu o estado da preparação da visita a ser efectuada ao LIP (ainda sem data marcada, mas provavelmente durante o mês de Janeiro) no âmbito da avaliação das unidades de investigação. Nas próximas semanas vão realizar-se reuniões com os estudantes de doutoramento e os jovens doutorados, e será pedida a colaboração de muitos de vós na elaboração de um dossier de possíveis perguntas/respostas. É necessário ainda introduzir pelos menos os artigos dos últimos 5 anos no repositório RCAAP. Se não for encontrada uma solução automática para preencher o repositório, cada grupo terá de introduzir os seus artigos manualmente.

ii. Reviu os procedimentos efectuados no LIP decorrentes da legislação sobre Proteção de Dados Pessoais, nomeadamente os referentes às bases de dados. Relembra-se a todos a necessidade de cumprirem estritamente as directivas do centro de computação do LIP relativas a este assunto

iii. Manifestou o seu acordo com a proposta de calendário de elaboração dos relatórios (2018) e planos (2019) apresentada pela Catarina Espírito Santo e pelo Ricardo Gonçalo (seus editores). 31 de Janeiro será a data limite para o preenchimento dos relatórios e planos detalhados dos grupos na base de dados do LIP. Espera-se o empenhamento dos representantes das linhas na C4 no acompanhamento deste processo, de modo que a convergência seja bastante melhor do que em anos anteriores. A Catarina e o Ricardo darão em devido tempo informações complementares, nomeadamente na próxima reunião do Conselho Científico.

iv. Decidiu a realização em Coimbra a 3 e 4 de Maio (sexta/sábado) da próxima reunião da Comissão de Acompanhamento Externa do LIP. Esta data foi a única que reuniu a unanimidade dos membros da comissão.

v. Decidiu, após consultar a mesa do CC e a comissão directiva do IDPASC-Portugal, organizar em Braga de 1 a 3 de Julho (segunda a quarta) o Workshop dos estudantes de doutoramento. Este Workshop será realizado em colaboração com o IDPASC-Portugal, havendo assim um único workshop de estudantes de doutoramento da nossa área científica em 2019.


Lisboa, 22 de Outubro de 2018

A Direcção do LIP reuniu em Lisboa na segunda feira 22-10-2018 e,

i-Reviu o estado da preparação da visita a ser efectuada ao LIP (ainda sem data marcada) no âmbito da avaliação das unidades científicas. Está a ser preparado um dossier de possíveis perguntas/respostas para o qual será pedida a colaboração de muitos de vós. ii-Reviu a situação dos vários investigadores que irão terminar os seus contratos com o LIP ou com a FCT nos próximos meses e que estão a ser contactados individualmente a fim de identificar que soluções de curto prazo poderão, ou não, encontrar-se em cada caso. iii-Reviu o estado da preparação das propostas ao programa ATTRACT do CERN


Lisboa, 1 de Outubro de 2018

A Direcção do LIP reuniu em Lisboa na segunda feira 1-10-2018 e,

i. Discutiu as acções a empreender para a preparação da visita a ser efectuada ao LIP no âmbito da avaliação das unidades científicas. A visita, ainda sem data marcada (em princípio teremos um aviso com uma antecedência de um mês), terá sessões separadas com todos investigadores do LIP, com os responsáveis de grupo e com estudantes de doutoramento e jovens doutorados. A duração máxima é cerca de três horas, com uma única apresentação de cerca de 20 min pelo coordenador da Unidade e todo o resto do tempo dedicado a perguntas/respostas. A visita decorrerá nas instalações do LIP-Lisboa.

ii. Analisou a situação do emprego científico no LIP tendo em conta o resultado dos concursos realizados pelo LIP no âmbito do decreto-lei 57/2016 e pela FCT (institucional e individual). Existem neste momento vários investigadores que irão terminar os seus contratos com o LIP ou com a FCT nos próximos meses. Tendo em conta os recursos financeiros limitados do LIP, a direcção, em diálogo com cada um desses investigadores e com os responsáveis dos projectos, infraestruturas científicas ou centros de competência em que estão ou poderão vir a estar inseridos, tentará identificar que soluções de curto prazo poderão, ou não, encontrar-se em cada caso.

iii. Mandatou o presidente da direcção para assinar em nome do LIP o “memorandum of understanding for establishing a network for collaboration in gender equality policy for physics, “The GENERA Network”.


Braga 25 de Julho de 2018

A Direcção do LIP reuniu em Braga na quarta feira 25-07-2018 e,

i. Iniciou uma reflexão sobre as linhas estratégicas a médio prazo apresentadas pelos vários grupos, que foram objecto de recomendações do nosso “International Advisory Committee”, e que estão presentemente a ser analisadas no âmbito da C4.

ii. Aprovou, a título excepcional, a abertura imediata de um concurso para uma bolsa de pós-doutoramento no grupo “OrthoCT”.


Lisboa, 26 de Abril de 2018

A Direcção do LIP reuniu em Lisboa na quinta feira 26-04-2018 e,

Analisou:

i. A proposta efectuada por alguns investigadores para a adesão do LIP à rede internacional Genera e decidiu pedir um parecer à mesa do Conselho Cientifico. ii. O convite efectuado pela FCT aos coordenadores das unidades de I&D para submeterem até três propostas de comunicações orais ao encontro Ciência 2018 e decidiu que as propostas do LIP vão ter como título:

  1. “Desafios e oportunidades no upgrade do Grande Colisionador de Hadrões (LHC) do CERN”; b. “Desafios científicos e tecnológicos da terapia com protões”; c. “Big Data e Data Science na Física Experimental de Partículas e Astropartículas”.

Aprovou : i. O Relatório de gestão e contas referente ao exercício de 2017 e o orçamento para 2018.


Lisboa, 13 de Março de 2018

A Direcção do LIP reuniu em Lisboa na terça feira 13-03-2018 e,

Registrou com muito agrado:

i. A realização do primeiro Workshop conjunto ICNAS/LIP/CTN no próximo dia 23 de Março em Coimbra sobre aplicações de física nuclear e de partículas no campo do rastreio e tratamento oncológico.

ii. A realização esta semana da primeira escola e Workshop realizada pelo LIP em Lisboa sobre “Data science in (Astro)particle Physics and the Bridge to Industry”.

Analisou:

i. O processo de elaboração da candidatura do LIP ao concurso aberto pela FCT de apoio institucional à promoção de emprego cientifico. O programa de emprego científico que o LIP irá apresentar neste concurso segue o apresentado recentemente no processo de avaliação das unidades de investigação que está em curso. Salienta-se contudo que este concurso está predominantemente destinado a instituições com um elevado número de doutorados (como as instituições de ensino superior).

ii. Os números provisórios referentes ao fecho de contas do exercício de 2017. A situação financeira está equilibrada embora o resultado deste exercício vá ser ligeiramente deficitário. Assinale-se a contribuição positiva nesse exercício dada pela participação em projectos da ESA e pela execução de trabalhos exteriores pela oficina mecânica e pelo Laboratório de detectores.

Aprovou :

i. O fornecimento pelo LIP de dois telescópios de muões à empresa Hidronav de Vigo. O contrato a celebrar terá igualmente uma componente de R&D.


Coimbra, 8 de Janeiro de 2018

A Direcção do LIP reuniu em Coimbra na segunda feira 8-01-2018 e:

a) Registou com muito agrado a renovação do acordo Portugal-CERN para os próximos dez anos, assinado no passado dia 15 de Dezembro no CERN pelo Ministro da Ciência e Ensino Superior, Prof. Manuel Heitor, e pela Directora Geral do CERN, Profa Fabiola Gianotti, destacando o papel essencial que o prof. Gaspar Barreira teve neste processo.

b) Analisou:

i) O processo de avaliação das unidades de I&D que está em curso nomeadamente o formulário do relatório de avaliação que foi disponibilizado no fim de Dezembro e os textos e tabelas nele a incluir. Um segundo draft (coordenado pela Catarina e o Ricardo) tendo em conta os comentários e sugestões entretanto recebidos vai ser elaborado nos próximos dias. O prazo de entrega de toda a documentação à FCT é 31 de Janeiro de 2018.

ii) O processo de abertura dos concursos previstos no decreto sobre o incentivo ao emprego científico recentemente revisto. De acordo com o estipulado no regulamento entretanto disponibilizado pela FCT serão abertos dois procedimentos concursais: O primeiro, com três lugares originados pelos bolseiros Marcin Stolarski, Rui Silva e Miguel Fiolhais que cumpriam os requisitos de elegibilidade à data de 31 de dezembro de 2017, será aberto muito em breve. O segundo, com sete lugares originados pelos bolseiros Raul Sarmento, Celso Franco, Luísa Arruda, José Escada, Alexandre Lindote, Filipe Veloso e Liliana Apolinário que cumprem os requisitos de elegibilidade antes de 31 de Agosto de 2018, será aberto no inicio de Junho.

iii) O Concurso Individual destinado a doutorados que será aberto pela FCT de 19 de janeiro de 2018 até às 17:00 (hora de Lisboa) de 12 de fevereiro de 2018. Chama-se a atenção a todos os investigadores doutorados “precários” do LIP para considerarem seriamente a sua candidatura a este concurso.


Coimbra, 27 de Novembro de 2017

A Direcção do LIP reuniu em Coimbra na segunda feira 27-11-2017 e:

a) Manifestou o seu agradecimento profundo ao Prof. António Cunha que cessa as funções de Reitor da Universidade do Minho, e felicita e deseja os maiores sucessos ao Prof. Rui Vieira de Castro que agora as inicia. O LIP procurará estar sempre disponível, como é aliás nossa obrigação e o tentou fazer no passado, a todas as possibilidades de ligar melhor a Universidade do Minho ao "Universo" da Física de Partículas e Astropartículas, nomeadamente ao CERN.

b) Analisou:

i) O processo de avaliação das unidades de I&D que está em curso:

(1) A Natália está a introduzir a equipa e todos investigadores integrados irão receber brevemente (ou já receberam…) um email para confirmarem a sua “pertença” ao LIP. Mas este processo não termina aqui! É preciso que os ditos investigadores actualizem os seus CVs na plataforma da FCT! Pede-se que o façam antes de 15 de Dezembro.

(2) É necessário definir os grupos científicos para efeitos desta avaliação: A base de partida será obviamente a organização de linhas/grupos constante do nosso relatório de 2017 procurando sempre que cada grupo sujeito à “avaliação” :

  • (a) Tenha uma indiscutível massa crítica e um passado sólido em termos de contribuições; (b) Tenha uma clara ambição (sustentável) de futuro para os próximos cinco anos. A definição dos “grupos para a avaliação” está já em curso e muitos coordenadores dos actuais grupos LIP já foram contactados. O processo tem (nesta fase) de estar terminado até ao fim da próxima semana.

(3) Simultaneamente, vai-se elaborar (coordenado pela Catarina e o Ricardo) um primeiro draft do relatório de avaliação até ao dia 15/12 tão completo quanto possível e embora o formulário só vá estar disponível no dia 22/12…) que será então disponibilizado para sugestões e comentários ao Advisory e a todo o LIP. Espera-se que no CC de Dezembro se possa convergir já na maioria dos pontos. O prazo de entrega de toda a documentação à FCT é 31 de Janeiro de 2018.

ii) O calendário de elaboração dos relatórios e planos “normais”. Estabeleceu-se o final do mês de Janeiro como data limite para o preenchimento na base de dados do LIP dos relatórios detalhados dos grupos. A Catarina e o Ricardo darão em devido tempo informações complementares.

iii) Os relatórios de Acompanhamento das Infraestruturas Cientificas e dos Centros de Competências e em particular da Oficina Mecânica. Decididiu a abertura de concursos para a contratação de um novo funcionário para a OM e a admissão de um bolseiro estagiário para esta infraestrutura. Reiterou ainda o princípio que todos os trabalhos pedidos:

(1) serão orçamentados pelo seu custo real em termos de recursos humanos e materiais independentemente de existir ou não facturação total ou parcial;

(2) Terão um calendário realista de execução após terem o projeto feito/revisto. Entretanto podem ficar numa lista de espera a aguardar calendarização de execução. O calendário de execução deve ter em conta a prioridade do trabalho (máxima para os da responsabilidade directa dos grupos do LIP, mais baixa para os do exterior, intermédia para situações intermédias…). O objectivo é ter as infraestruturas sempre em pleno funcionamento, mas evitar também filas de esperas demasiado longas para projectos prioritários. Para isso ser possível é necessário que os investigadores submetam os seus pedidos específicos de trabalhos atempadamente. O prazo de qualquer trabalho que foi já acordado não será (em condições normais) estendido sem o consentimento prévio do “cliente”.

iv) Os possíveis calendários de Jornadas. Tendo em conta as sugestões da C4, vai propor à mesa do CC que estas sejam efectuadas, salvo constrangimento maior, de 16 (inicio: ao fim da manha/almoço) a 18 de Fevereiro (fim: almoço /inicio da tarde) de 2018.

v) A decisão do CERN da nomeação por parte de cada team do seu “safety correspondent” (que, por omissão, será o team leader).


Lisboa, 3 de Novembro de 2017

A Direcção do LIP reuniu em Lisboa na tarde de sexta feira 3-11-2017 e

a. Manifestou o seu apreço e reconhecimento aos membros da direcção do LIP que cessaram funções, Gaspar Barreira, Paulo Fonte, António Onofre, e tem a certeza de poder contar com a sua experiência e sabedoria neste ciclo que agora se inicia.

b. Analisou:

O processo de avaliação das unidades de I&D que está em curso. Está praticamente concluída a recolha de dados ao nível das linhas de investigação, infraestruturas científicas, centros competências e LIP-ECO visando definir:

1. as áreas em que somos referência internacional, justificando com actividades ou resultados produzidos desde Janeiro de 2013, 2. As áreas em que somos referência nacional, justificando com actividades ou resultados produzidos desde Janeiro de 2013. 3. Os aspectos que parecem essenciais no plano estratégico do LIP até 2022. Vai-se agora elaborar um draft tendo em conta o guião entretanto publicado pela FCT. Este draft será circulado para discussão e comentários nomeadamente no CC de Dezembro e com o advisory committee do LIP. O prazo de entrega de toda a documentação à FCT é 31 de Janeiro de 2018. O resultado desta avaliação será determinante para os próximos anos, nomeadamente no que diz respeito ao financiamento estrutural, ao emprego cientifico, aos programas de bolsas de doutoramento e ao funcionamento e re-equipamento de infra-estuturas cientificas.

ii. O processo de abertura dos concursos previstos no decreto sobre o incentivo ao emprego científico recentemente revisto. Estes concursos no LIP serão retomados logo que a FCT publique o novo regulamento. Prevê-se que possam ser efectuados em moldes análogos aos realizados no inicio de 2017.

c. Mandatou o presidente da direcção para assinar em nome do LIP um novo protocolo de colaboração com a FCUL que prevê a redução de propinas para alunos de doutoramento que sejam orientados por investigador do LIP. d. Aprovou a abertura de um concurso para a renovação dos seguros do LIP.


Assembleia Geral do LIP, Lisboa, 3 de Novembro de 2017

A Assembleia Geral do LIP reuniu em Lisboa na manhã de sexta feira 3-11-2017 e acolheu a proposta de direcção resultante da consulta interna efectuada no quadro dos novos estatutos e do regulamento geral do LIP. Assim elegeu para a direcção do LIP, por um período de três anos, os seguintes membros do LIP:

Lisboa - Mário João Martins Pimenta, Patrícia Carla Serrano Gonçalves

Coimbra - Rui Ferreira Marques, Maria Isabel Silva Ferreira Lopes

Minho - Nuno Filipe Fernandes de Castro

O sócio fundador, a FCT, designou entre os membros eleitos, Mário João Martins Pimenta como presidente da direcção do LIP.